01/01 dia de Nossa Senhora: MARIA, SANTA MÃE DE DEUS!

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

O dogma da MATERNIDADE DIVINA consiste em que a Virgem Maria é verdadeira Mãe de Deus, por ter engravidado por obra do Espírito Santo e dado à luz a Jesus Cristo, não quanto a sua Natureza Divina, senão quanto à Natureza humana que tinha assumido. A Igreja afirma este Dogma desde sempre, e o definiu solenemente no Concílio de Éfeso (século V).


Algum tempo depois, foi proclamado por outros Concílios universais, o de Calcedônia e os de Constantinopla.

O Concílio de Éfeso, do ano 431, sendo Papa São Clementino I (422-432) definiu:

“Se alguém não confessar que o Emanuel (Cristo) é verdadeiramente Deus, e que portanto, a Santíssima Virgem é Mãe de Deus, porque pariu segundo a carne ao Verbo de Deus feito carne, seja anátema.


Totus Tuus

Dia 01/01/2004 eu me consagrei oficialmente à Santíssima Virgem, pelo método de São Luís Maria Grignion de Montfort e desde então a tenho como Senhora.

Sou totalmente de Cristo pelas mãos e intercessão de minha Senhora! Sei que ela é a mãe amorosa, mas confesso que muito me agrada aproximar-me dela como escrava; abrindo mão dos meus direitos de filha, para ser dela somente escrava de amor!

Mas o que seria então esta escravidão que falo e que São Luís M. G. de Montfort ensinou? A total consagração à Nossa Senhora, ou a santa escravidão de amor é a entrega de tudo que somos e possuímos à Santíssima Virgem para que através dela possamos mais perfeitamente pertencer a Deus.
A finalidade desta total entrega a Nossa Senhora é nos unir a Jesus Cristo e nos fazer crescer em sua graça. Nos entregamos totalmente a Nossa Senhora para que ela nos ensine a cumprir em nossa vida a Santíssima vontade de Deus. São Luís Maria de Montfort chama a Santa Escravidão de Amor de “A Verdadeira Devoção”, simplesmente porque ela nos mostra quem é Nossa Senhora, qual seu lugar no plano de salvação e sua missão na vida da Igreja e de cada um de nós.


A doutrina da Santa escravidão nos faz ver e compreender que Jesus nos deu Maria como verdadeira mãe, mestra e educadora, e ao mesmo tempo nos convida e nos faz lançar aos cuidados desta boníssima Senhora atendendo ao mandato de Jesus que olhando para nós nos diz: “Eis aí tua mãe”. Assim pela total consagração de nós mesmos à Santíssima Virgem estamos dizendo nosso sim a Jesus que no-la deu por mãe, a fim de que Ela nos ensine a fazer tudo que Ele mandou.

Nós confirmamos a soberania de Deus e da Santíssima Virgem em nossas vidas, entregando TUDO que somos e temos a Jesus pelas mãos de Maria. Aqui, TUDO quer dizer TUDO. Nosso corpo com todos os nossos bens materiais e nossa alma com todas as nossas riquezas espirituais, nossos pensamentos, nossos desejos e quereres. Assim, mesmo os méritos de nossas orações, sacrifícios e boas obras passam a pertencer a Maria Santíssima para que Ela possa usá-los como lhe aprouver. Pela Santa Escravidão de Amor passamos a não possuir mais nada. Tudo passa ser de Maria, para que deste modo tudo possa ser de Deus.



Quando fazemos esta consagração e a vivemos obtemos um aumento admirável em nosso “Capital de Graças”, e por isso nos santificamos mais rapidamente e de maneira mais perfeita e segura. Com efeito, Maria Santíssima é um caminho fácil, curto, seguro e perfeito para nos unirmos a Jesus e crescermos em sua graça.


8 comentários:

~Ana Paula~A Católica disse...

Giovana,
Saudações de BH!

Tenho o livro que mencionou em seu Post ("livrinho", conforme a pequena edição da editora Vozes): "Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem". Mas, até agora, não o li. Fui direto às páginas finais, onde há inúmeras orações, incluindo em latim. Eu as rezo, embora ainda não me arriscasse à leitura da obra.

Por nascer na véspera do dia de Nossa Senhora Aparecida, mamãe me consagrou a ela.

Padre Léo diz em algumas de suas palestras que nem a benção do Papa "chega aos pés" do poder da benção de um pai e de uma mãe. Portanto, mesmo que não tenha dado o passo corajoso, consciente e bonito que você deu, também estou consagrada a Nossa Senhora!

Seu Post, tão cheio da certeza da IMPORTÂNCIA de Nossa Senhora na nossa vida, me fez querer sabe o quê? LER o "Tratado..." imediatamente!!

Você se adiantou a todos nós, bloggueiros católicos, e não só lembrou a celebração de 1º de janeiro, como manifestou o seu amor, a sua devoção e a sua escravidão a Maria - a Dócil, Humilde e Sábia menina de Nazaré.

Certamente, o sonho de todos nós, especialmente de nós, mulheres católicas, é nos tornar disponíveis como ela. Como ela foi ao Espírito Santo, à Providência Divina e (o mais difícil) à Vontade de Deus!

Ah: muito obrigada pelos seus riquíssimos comentários n'A Católica!!

Uma vez, fiz uma relação das qualidades que via no meu então namorado - hoje, marido - para uma psicóloga que tive entre os anos de 2000 e 2001. Sabe o que ela me disse? "Ana Paula, nós só vemos nos outros aquilo que há em nós".

Portanto, Giovana, se você me vê como uma pessoa "muito meiga", isso só pode significar que você está SE vendo em mim!... Há MEL dentro de você. Não tenha receio de derramá-lo. Muitas vezes, a doçura (diante das "grandes batalhas" que travamos) é uma arma De Excelência. Uma arma que surpreende e... Desarma o "inimigo".

Um beijo!!
Saúde e Paz!!
A você, sua família e cada um dos leitores do "Santa Mãe de Deus!"!!


~~~

Alfa & Ômega disse...

Giovana, gostei imenso desse seu post sobre nossa Mãezinha, Muito oportuna a explicação sobre a consagração a ela pelo método de S. luis de Montfort. Tenho um amigo tbém consagrado assim e fiquei curiosa para saber. Obrigada por tão amplo conhecimento. Falando sobre a sua visita, eu queria muito por canto gregoriano pois são minha paixão. Tenho vários CDs e ouço muito enquanto cuido da casa. E que força eles me dão! Eu não sei colocar. Dependo da boa vontade de outros.Giovana, Jesus era manso e humilde de coração. A todos ele acolhia, principalmente os contrários àquilo que pregava. Interessante, a docilidade dele ganhava. Ele admirava o belo, a natureza, aprendia tudo com ela e os viventes dela. Repare suas parábolas. Que encanto! Por causa disso procuro dar ao meu blog, essa suavidade de que vc fala. Não parece, giovan, mas existem pessoas tão sofridas e castigadaspelos infortúnios que precisam beber de fonte calma.Ai! vou parar! Meu olho até fecha. Bjbjbjbj

Sandra Rossi disse...

Olá Giovana!

Gostei muito do seu blog, lindas mensagens e reflexões. Parabéns pela bela evangelização!

Feliz 2011, muita paz, saúde, amor, alegria e bençãos de Deus para você e sua família!

BJuS e fique com Deus!

Giovana disse...

Salve Maria!

Caríssima Ana Paula obrigada como sempre por suas palavras, como vc mesma já afirmou várias vezes, um pouco de doçura nos faz bem.

Quanto as palavras da psicóloga eu penso diferente, acho algumas pessoas tem o "dom" de enxergar o que os outros tem de melhor; outras tem apenas a visão para enxergar o que está na cara; e muitas outras para enxergar apenas o que há de ruim em tudo. Eu me enquadro nas pessoas que enxergam o que está na cara; não vejo "flores" onde não as tem e nem "sujeira" onde está limpo!

Vc é sim uma pessoa muito meiga. Quanto a mim, tenho algumas virtudes que tento cultivar, como por exemplo o respeito, mas até isto tem limite, porque por respeito humano eu não nego a minha fé e assim sendo muitas vezes passo por uma impressão grosseira, talvez injusta e com certeza radical. Verdadeiramente amo a DEUS sobre todas as coisas, isto sem exceção!

Quanto ao que o pe. Léo disse penso que foi força de expressão; pois são bençãos diferentes e uma não ocupa o lugar da outra. (...) Padre Léo (...) sabia que estive na Missa de corpo presente dele? Ele teve grandes lutas e o câncer foi sua salvação!

Enfim, obrigada pela amizade.

Giovana disse...

Salve Maria!

Sandra seja bem vinda!
Espero sinceramente que meu Blog seja motivo de crescimento em sua vida cristã/católica.
Tenha um 2011 abençoado.

Fiquemos com Deus.

Giovana disse...

Salve Maria!

Querida Maria Luiza procure no google assim: "como colocar música no blogspot". Garanto que se vc tiver paciência para procurar o link que melhor explique para o seu entendimento, será tarefa fácil colocar um canto gregoriano no seu Blog.

Estou vendo flores em suas mãos, na fotinha do perfil; temos muitas coisas em comum. Gosto do belo, gosto de perfumes (principalmente os naturais: perfume da noite, da chuva, das flores etc), gosto de culinária.

Sim, realmente as pessoas são sofridas e ter um cantinho para acalmar a alma é necessário. Mas preste atenção, entre os soldados de um mesmo exército existe uma hierarquia e também posição diferentes no combate. Eu sou aquele soldado que vem junto com outros à frente, levando tiros, sou aquele soldado que morrerá para que toda a tropa possa avançar. Por isto minha postura é diferente! Não sou eu quem cuidará dos feridos, mas sou eu junto com outros que lutaremos para que haja poucos feridos! Espero que entenda. Jesus foi dócil sim, Deus é dócil. Mas também foi austero quando chamava os fariseus de raça de víboras, sepulcros caiados. Porque a medida da misericórdia é a medida da justiça. E quando acolhia o pecador, sempre tinha um recado para ele: "Não tornes a pecar"! Vc é incrível e desejo muito cuidar com carinho desta nova amizade. Reze por mim.

Neyva Daniella disse...

Oi Giovana, eu fico muito triste quando as pessoas atacam a Nossa Senhora, algumas chagam ao ponto de dizer que crer na virgindade de maria é um atraso e que justifica todos os males feitos as mulheres ao longo da história. O que dizer pra estes orgulhosos e cegos?

Giovana disse...

Salve Maria!

Querida amiga Neyva Daniella quero antes agradecer sua contínua visita ao meu Blog; o que me leva a crer que ajudo com meu pouco o seu crescimento como Católica Apostólica Romana!
Obrigada pelas visitas e pela consideração!

Bem, antes tenho que te dizer que desde o pecado de Adão e Eva, a Virgem Santíssima foi prefigurada como aquela que pisaria a cabeça soberba da serpente! Então não vejo espanto em saber que os filhos da serpente ataquem Nossa Senhora!!!

O que tem a ver a Virgindade de Maria com as consequências do pecado vividos por mulheres e homens? Sim, pq se a mulher sofreu e sofre algo, nada tem a ver com a Santíssima Virgem e sim com o fruto do pecado! Pois sabemos que o salário do pecado é a morte, seja ela psicológica, espiritual ou a física mesmo!

A Santíssima Senhora permaneceu Virgem pq Jesus não veio desfazer o que era a Obra Prima de Deus e sim veio Sagrá-la! Ela foi preservada do pecado em sua concepção; foi Mãe e Virgem, justamente para confundir os grandes de todas as gerações e também para ser SINAL que aquela criança era sim o FILHO DO ALTÍSSIMO, O MESSIAS!Poderia Ela ter pecado com Eva, mas não o fez! Puríssima! Imaculada! Sim, pela graça de Deus, mas também pela retidão de sua alma pequena e servil.

Sacrário de Deus, onde Ele quis esconder-Se por nove meses; Ela, Nossa Senhora permaneceu Virgem até seus últimos dias aqui na terra.

Mas diante de quem Ela trouxe no Ventre, diante da Grandeza, Glória e Poder de quem desejou ser seu Filho e ter suas características humanas; diante deste enorme MILAGRE. Questionar a virgindade de Nossa Senhora chega a ser até estúpido!

Aconselho que vc reze por estas pessoas, e convide-as a conhecer quem foi AQUELA QUE VENCEU A SERPENTE!

Postar um comentário

Salve Maria!

Que o Espírito Santo conduza suas palavras. E que Deus nos abençoe sempre.

***Caso o comentário seja contrário a fé Católica, contrário a Tradição Católica SERÁ DELETADO, NEM PERCA SEU TEMPO!
***Para maiores esclarecimentos: não sou adepta deste falso ecumenismo, não sou relativista, não sou sincretista, não tenho a mínima vontade de divulgar heresias; minha intenção não será outra a não ser combater tudo que cito acima!

Por fim, penso que esclarecidas as partes, que sejam bem vindos todos que vierem acrescentar algo mais neste pequeno sítio.